Sábado, Janeiro 28, 2023
Publicite Aquí
InícioEconomiaAgricultura representa 48% dos financiamentos ao Prodesi

Agricultura representa 48% dos financiamentos ao Prodesi

Do total de 807 projectos do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI) aprovados, até aqui, pela banca comercial 48 por cento (387) são do sector Agrícola, anunciou, ontem, em Luanda, o secretário de Estado para a Economia.

Mário Caetano João disse, no briefing bissemanal, que os referidos projectos admitidos, nos últimos dois anos, totalizam um valor aproximado de 729 mil milhões de kwanzas, equivalentes a 1.154 milhões de dólares, através dos quais espera-se poder gerar mais de 60 mil postos de trabalho.

Conforme os dados mostrados, o Comércio e Distribuição aparece de seguida com 205 projectos aprovados (25,5 por cento). A Indústria Transformadora, com 115 (14,3 por cento).
Os restantes projectos aprovados estão distribuídos nos sectores da Pecuária, Aquicultura, Pesca marítima e Pesca continental, com um menor registo de programas aprovados.

O secretário de Estado para a Economia, Mário Caetano João, disse que na semana de 16 a 20 de Agosto, foram registadas novas seis (6) solicitações para a aprovação de projectos, dos quais quatro tiveram viabilidade na banca. Destes, três são da Agricultura e um da Pesca continental.
Os referidos programas foram aprovados, no âmbito do aviso 10/20 do Banco Nacional de Angola (BNA), e ficam avaliados em 57 mil milhões de kwanzas.

“Os projectos em causa encontram-se em carteira no Banco BIC com três e o Sol com um. Quanto à localização territorial,  dois pertencem a província do Cuanza-Sul, um em Luanda e um no Bié”, indicou.
Sobre os financiadores do sector produtivo, da parte do Governo, o Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) aprovou um total de 530 projectos aprovados.

No caso da banca comercial, quem mais financia projectos é o Internacional de Crédito (BIC), com 43; seguido do BAI, com 41, BNI, com 26, KEVE, com 22 e BFA, com 20 projectos aprovados. Os restantes bancos registaram menor número de projectos aprovados. 

Fomento da produção
Para o melhor desenvolvimento da Agropecuária, continua a decorrer a nível nacional as feiras de produção nacional, cujo objectivo é a melhoria do ambiente de negócio entre os promotores e operadores económicos.

Até aqui, das 154 feiras previstas, o sector realizou 41, nas quais foram celebrados 51 contratos de compra futura e transaccionados um montante de 704,7 milhões de kwanzas. As províncias com mais contratos de compra futura são Luanda (13), Bié (11) e Benguela (8). Quanto ao volume transaccionado, o Bié lidera, com 145 milhões de kwanzas; segue Luanda (144 milhões) e Namibe, com 105 milhões de kwanzas.
Quanto à adesão, participaram, até ao momento, um total de 1.751 feirantes. Os eventos em causa foram realizados nas províncias do Bengo, Luanda, Huíla, Lunda-Norte, Cuanza-Norte, Cuanza-Sul, Namibe e Zaire.Para este mês de Agosto, Mário Caetano João disse estarem previstas mais seis (6) feiras, a primeira das quais se realiza na Huíla, de hoje até sábado.

“A província do Bié realiza a 3ª Edição da Feira da Batata e do Milho, uma oportunidade para os promotores e produtores dos munícipes”, sublinhou o secretário de Estado.

FOnte:JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments