Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Publicite Aquí
InícioEconomiaAlta procura faz alargar os prazos

Alta procura faz alargar os prazos

A petrolífera Sonangol deu a conhecer, há dias, ao público em geral que devido à elevada adesão por parte de empresas interessadas no processo de alienação parcial dos seus interesses participativos em alguns blocos petrolíferos, o acesso às sessões virtuais nas salas de exposição de dados das concessões petrolíferas foi prorrogado para até 20 deste mês.

No comunicado que fez sair, a petrolífera nacional informou, igualmente, que, por consequência, o prazo para a submissão de propostas também foi alargado até ao dia 20 de Setembro.

Dados do Expresso dizem que a Sonangol vai alienar parte dos interesses participativos em oito blocos petrolíferos, salvaguardando o direito de preferência dos actuais parceiros, acção que se enquadra na estratégia de revisão e optimização do seu portefólio de activos de exploração e produção, pretendendo ter o processo concluído até ao final deste ano.

Em Junho deste ano, a petrolífera fez saber que a “Alienação parcial de interesses participativos em concessões petrolíferas”, como o processo é formalmente designado, persegue as metas estratégicas do apoio à transição energética da companhia, com uma opção mais assertiva pela produção de energias limpas, bem como o aumento da produção operada de 2,0 para 10 por cento até 2027, insistiram oficiais do grupo, recentemente, no lançamento da iniciativa.

Com a venda das participações, a Sonangol conta assegurar os compromissos nos blocos aos que está associada, ao mesmo tempo que vai garantir o contínuo investimento nas concessões em que opera, de acordo com declarações proferidas pelos representantes da companhia.

O presidente da Comissão Executiva da Unidade de Negócios de Exploração e Produção (UNEP) da Sonangol, Ricardo Van-Deste, apontou como interesses a alienar participações de  15 a 20 por cento dos Blocos 3/05 e 4/05, além de 10 por cento do 15/06, a mesma percentagem decidida para desinvestimento no Bloco 31.

As alienações incluem a venda de 8,28 por cento do Bloco 18, de até 70 por cento do Bloco 23 e entre 30 e 70 por cento do Bloco 27, este, localizado na Bacia do Namibe, quando os restantes estão implantados nas Bacias do Baixo Congo e do Kwanza.

Fonte:JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments