Terça-feira, Abril 16, 2024
Publicite Aquí
InícioNacionalLuanda: Aparato policial e detenção de jovens altera ritmo da manifestação pacífica

Luanda: Aparato policial e detenção de jovens altera ritmo da manifestação pacífica

O grupo de jovens manifestantes que se deslocou pacificamente do Parque de estacionamento do Cemitério da Santa Ana, ao Largo do 1° de Maio, em Luanda, foi uma hora depois surpreendida por vários agentes da polícia no local, o que os manifestantes consideraram um incómodo.

Em declarações para Angola24Horas, o organizador Adolfo Campos disse que os manifestantes estão a cumprir com todas as regras do Comando Provincial da Polícia Nacional, tendo saído do local ponto de partida sem qualquer problema, cuja presença excessiva dos agentes equipados “como se em combate” começou a incomodar os jovens que simplesmente têm a voz.

De acordo com Adolfo Campos,  já há detenções de manifestantes, embora ainda não identificados, acto que para este, viola o acordo com o Comando da Polícia que garantiu assegurar o acto, no igual dia de aniversário do MPLA, partido no poder.

A referida manifestação pacífica, pela Cidadania, pelo fim do elevado custo de vida e pelas autarquias locais, nesta data que se comemora o dia internacional dos Direitos Humanos, deveria decorrer até as 22 horas, conforme foi planificada e devidamente autorizada pela Polícia Nacional.

Nesse sentido, os organizadores apelaram a calma, por parte dos efectivos da Polícia Nacional, bem como o cumprimento das suas obrigações, com realce o garantir a ordem e tranquilidade públicas, até o acto que visava manifestar o descontentamento destes culminar, isto é, as 22 horas.

No entanto, a manifestação terminou antes e os organizadores avançaram ser mais importante, o facto de o recado ter sido passado ao partido no poder, liderado pelo presidente João Lourenço.

Refira-se que a Coordenação da manifestação que está a decorrer, em Luanda, informou à opinião pública nacional e internacional que o Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional garantiu que irá assegurar a concretização do acto público e pacífico.

Num encontro convocado pelo órgão de segurança e ordem pública ocorrida entre 15h00 às 17h00 de 09.12.2020, no Comando Provincial, os promotores da manifestação interagiram com o Segundo Comandante Provincial da Polícia Nacional, Sub-Comissário Mateus André, o Director de Operações do Comando Provincial de Luanda, o Inspector-Chefe Lázaro Vaz da Conceição, e outros agentes presentes.

Na ocasião, a Polícia Nacional concordou com o horário e o percurso da manifestação pacífica, que tem como lema: “Manifestação pela Cidadania, pelo fim do elevado custo de vida e por autarquias em 2021 sem rodeios”, e que também visa a comemoração do Dia Internacional dos Direitos Humanos.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments