Quinta-feira, Fevereiro 2, 2023
Publicite Aquí
InícioEconomiaMicrocrédito beneficia mais de 300 cooperativas

Microcrédito beneficia mais de 300 cooperativas

Um total de 313 cooperativas beneficiaram de microcrédito, das quais 234 foram financiadas em 2020 e 79 neste ano, de acordo com dados mais recentes do Ministério da Economia e Planeamento (MEP).

A meta prevista no Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN 2018-2022) é de 470 cooperativas. Falta concretizar as restantes 157, conforme cálculos do Jornal de Angola.

Ainda hoje, o MEP realiza o webinar sobre “Factores Críticos de Sucesso do Modelo de Cooperativismo”, com a prelecção do especialista Bonifácio Espírito Santo, formador/investigador ao abrigo do PRODESI.

O secretário de Estado para a Economia, Mário Caetano João, disse no briefing de terça-feira que, na semana passada, mais 61 novos produtores nacionais foram registados no Portal de Divulgação da Produção Nacional (PPN), dos quais 38 na província da Lunda-Norte, 20 na Lunda-Sul e os restantes pelas demais províncias em números menores.

Desde a sua operacionalização, o PPN, comporta já 12.964 produtores nacionais e a província da Huíla lidera a lista dos registos com cerca de 2.318 operadores. A província do Bié segue-se com 1.587, Huambo com 1.582, Malanje com 1.301,  Cunene com 805, Luanda com 1.000, Benguela com 641, Lunda-Sul com 601, Bengo  com 427, Cuanza-Norte com 583, Uíge com 330, Cuanza-Sul com 521, Cabinda com 258, Zaire com 241, Lunda-Norte com 270, Namibe com 238, Moxico  com 133 e Cuando Cubango com apenas 128 operadores registados.

Quanto às inscrições por categoria, a de cereais comanda a lista no Portal com cerca de 7.293 produtores. Seguem-se leguminosas e oleaginosas (5.787), raízes e tubérculos (5.840), hortícolas (4.745), frutas (2.273), indústria alimentar (919), agricultura diversa (741), pescas (604), indústria diversa (314), turismo (184), indústria de construção (208), indústria de higiene e limpeza (126), indústria de recursos naturais (111), apicultura (83), salinicultura (58), indústria de vidro (33) e indústria  de têxtil, vestuários e calçados (32).

Em relação ao registo por produtos, destacam-se 11 prioritários no sector primário, casos do milho (6.849), feijão (5.262), banana (1.364), soja (792), citrinos (705), cana de açúcar (420), arroz (370), cacusso (339), pesca marítima (295), café (328), ovos (225), abacate (198), palmeira de dendém (50) e algodão (12).

Fonte:JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments