Sexta-feira, Fevereiro 3, 2023
Publicite Aquí
InícioEconomiaPlano de interligação Huíla e Namibe avança

Plano de interligação Huíla e Namibe avança

O projecto de interligação à rede eléctrica nacional das províncias da Huíla e do Namibe, a partir do Huambo, começa a ser implementado no próximo ano, segundo garantias dadas, ontem, no Lubango, pelo ministro da Energia e Águas.

João Baptista Borges, que efectua uma visita de constatação a projectos em curso nas províncias de Benguela, Huíla, Cunene e Huambo, disse estar-se, neste momento, com um desenvolvimento avançado nos projectos de interligação, o que vai permitir trazer maior capacidade energética às províncias da Huíla e Namibe.

O ministro reconheceu também que esta etapa representa um ganho, constituindo-se numa solução duradoura e barata, na medida em que não vai depender dos combustíveis, conforme acontece actualmente.

Na região Sul, João Baptista Borges busca assegurar a plena execução dos programas de montagem, instalação e comissionamento das turbinas aeroderivadas, em curso na cidade do Lubango. Disse que é impossível concretizar tal ganho até 2022, por ser um projecto de construção de uma linha de alta tensão com cerca de 400 quilómetros.

“Temos no país regiões minadas e ninguém consegue fazer um projecto de linha sem ter a certeza de que o terreno esteja livre de minas, de forma que esse é um projecto que vai, certamente, arrancar até 2022, mas que terá uma execução de cerca de três anos no mínimo, ou seja, até 2024/-2025”, indicou.

Segundo o ministro João Baptista Borges, é preciso ter-se paciência, uma vez que estão a ser dados passos seguros para a efectivação do projecto. Conforme lembrou o governante, um caminho faz-se de muitos passos.

Desde logo, avança, o importante é dar-se passos em frente, sendo este o momento que se vive.

Fonte:JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments