Quinta-feira, Fevereiro 2, 2023
Publicite Aquí
InícioPolíticaPrimeira-Dama advoga maior atenção às raparigas

Primeira-Dama advoga maior atenção às raparigas

A Primeira-Dama, Ana Dias Lourenço, defendeu, ontem, a necessidade de se prestar maior atenção às mulheres e raparigas da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), protegendo-as dos efeitos provocados pela pandemia da Covid-19 na economia.

Ao tomar a palavra na Cimeira Virtual das primeiras-damas da SADC, que decorre sob o lema “O impacto da Covid-19 na região da SADC – Como a recuperação pode ser responsabilidade do género”, Ana Dias Lourenço apontou a necessidade de se mobilizarem recursos para a implementação de acções a favor das mulheres e raparigas e da estratégia de recuperação das economias dos Estados da região.

Segundo Ana Dias Lourenço, a Covid-19 colocou à prova a capacidade humana de tolerância e sobrevivência, que ampliou as desigualdades de género, com as restrições obrigatórias impostas para diminuir os riscos e danos às populações.

Ana Dias Lourenço apontou, ainda, como consequências, o abandono escolar e a saúde física e mental fragilizadas.

No caso de Angola, destacou as acções desenvolvidas pelo Executivo para proteger as populações mais vulneráveis, entre mulheres, raparigas, idosos, doentes crónicos, profissionais de saúde e trabalhadoras do mercado informal, para a redução do impacto da Covid-19, como o empoderamento da mulher rural. Enfatizou o envolvimento do seu Gabinete e de plataformas por si lideradas, com a distribuição de meios de biossegurança e cestas básicas.

Fonte:JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments