Sábado, Janeiro 28, 2023
Publicite Aquí
InícioEconomiaReclamações resultam em 18 milhões de kwanzas

Reclamações resultam em 18 milhões de kwanzas

As acções realizadas pelo Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) de Janeiro a Abril, resultaram na restituição de cerca de 18 milhões de kwanzas aos consumidores.

Segundo um documento do INADEC, o montante reembolsado deriva da  má prestação de serviço por parte de alguns estabelecimentos comerciais e prestadoras de serviços.
No período em causa, foram remetidos à Procuradoria Geral da República (PGR) dois processos contra as empresas COMAUTO Automóveis Lda e  o grupo Boavida, resultante de incumprimentos contratuais.

Reclamações

A instituição teve o registo de 1.498 reclamações, das quais 761 resolvidas e 1.071 continuam em resolução. O Call Center, através do  número 126 disponível aos consumidores 24/24 horas,  recepcionou  4.803 chamadas telefónicas, das quais 1.260 reclamações, 3.294 pedidos de informação e 202 denúncias. Das reclamações registadas, 88 por cento são provenientes da província de Luanda.

 O balanço INADEC indica que, a Empresa de Distribuição de Electricidade (ENDE) com um total de  66 reclamações, lidera a lista, seguida da operadora de telefonia móvel Unitel com 28, BPC (20) e por último o supermercado Angomart (8).
 Na lista das reclamações e com elevado número de críticas constam institutos superiores, colégios, escolas de condução, TAP e TAAG.


Educação para o consumo

Com o objectivo de  organizar os operadores económicos sobre o atendimento ao público, no mercado formal e informal, o INADEC realizou 14 acções de formação em Higiene e Segurança Alimentar (HSA).
Quanto à excelência ao consumidor e resolução de litígios de consumo, participaram 271  formandos, provenientes de 53  empresas de prestação de serviços.

No âmbito da regularização do mercado de consumo, tendo em conta o Decreto Presidencial n.º 234/16, foram realizadas, a nível nacional, 837 visitas de constatação a estabelecimentos comerciais e prestadores de bens e serviços, que resultaram em 351 notificações e 402 aconselhamentos.
 Por outro lado, o INADEC  tornou-se parceiro  institucional do Centro de Resolução Extrajudicial de Litígios (CREL), com a finalidade de fortalecer as parcerias institucionais para o exercício dos direitos do consumidor, baseadas nas novas tendências do mercado de consumo.

 Por via da plataforma Zoom, o INADEC participou no Fórum Nacional das Entidades Civis de Direitos do Consumidor do Brasil, subordinada ao tema “Os desafios da defesa do consumidor em tempo de pandemia”. 

Fonte:JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments