Sábado, Janeiro 28, 2023
Publicite Aquí
InícioSociedadeRestos mortais do jornalista foram a enterrar

Restos mortais do jornalista foram a enterrar

Momentos antes da descida da urna à sepultura, foram lidas mensagens fúnebres, com destaque para as do Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Governo Provincial de Cabinda e do Sindicato dos Jornalistas Angolano, que enalteciam as qualidades profissionais de Manuel Cristóvão David.

Antigo director da emissora local da RNA, o jornalista foi reconhecido como um profissional que contribuiu para a elevação e promoção de valores da decência, amizade e de patriotismo, desenvolvendo o seu trabalho com abnegação e entrega, para melhor servir a província e o país.
Manuel Cristóvão David ingressou nos quadros da RNA, em 1990, morreu aos 52 anos e deixou viúva e quatro filhos.

O funeral do jornalista da emissora provincial da RNA foi antecedido por uma missa de corpo presente, na Igreja Católica “Rainha do Mundo”, em que participaram familiares, amigos e colegas.

Fonte:JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments