Sábado, Janeiro 28, 2023
Publicite Aquí
InícioSociedadeServiço Penitenciário aposta na agricultura

Serviço Penitenciário aposta na agricultura

Bernardo Gourgel, que avaliou, na semana finda, o funcionamento dos estabelecimentos prisionais das províncias do Centro e Sul do país, disse acreditar que, com os programas em curso no Ministério do Interior, através do Serviço Penitenciário e as condições hídricas e climatéricas existentes, os resultados vão ser positivos.

Para a implementação do programa de reactivação da produção em grande escala, enquadrado no projecto do Governo de reactivação e desenvolvimento agro-pecuário, foram seleccionadas as cadeias do Bentiaba, na província do Namibe, Damba (Malanje), Caboxa (Bengo), Capolo (Bié), Cambiote (Huambo) e Péu-Péu (Cunene), devido às condições climatéricas e localização geográficas favoráveis.

Segundo Bernardo Gourgel, o Serviço Penitenciário está a trabalhar na busca de soluções que contribuam para diminuir a crise alimentar e aumentar a produção interna “Nesta primeira fase, estamos aferir as condições técnicas e materiais e vamos arrancar, provavelmente, no final deste ano”, disse. 

Referiu que há a necessidade do reforço de equipamentos agrícolas, a fim de se assegurar a capacidade produtiva da população penal.
Apontou, como exemplo, o estabelecimento penitenciário do Péu-Péu, no Cunene, onde está a ser relançada a actividade produtiva, com o cultivo de cereais, horticultura, tubérculos e fruticulturas, num total de mais de 30 hectares. 

Bernardo Gourgel considerou que a unidade situa-se numa área com condições excelentes do ponto de vista de localização geográfica e de terras aráveis, para que se desenvolva, de forma intensiva, a actividade agrícola.

Por outro lado, reclusos do centro penitenciário do Péu-Péu, no Cunene solicitaram materiais agrícolas, como tractores, sementes, fertilizantes e outros meios de trabalho, para expandirem a área de cultivo e aumentar a produção.

Localizado no município de Ombadja, província do Cunene, o centro prisional do Péu-Péu controla 1.440 reclusos, dos quais 1.215 condenados e 225 detidos.

Fonte:JA

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments