Domingo, Abril 21, 2024
Publicite Aquí
InícioPolíticaAngola perde mais de 724 mil empregos formais desde 2018

Angola perde mais de 724 mil empregos formais desde 2018

Angola perdeu 724.252 empregos formais desde 2018, sendo que a maior parte dos desempregados foram absorvidos pela informalidade que está a ganhar cada vez mais terreno, de acordo com cálculos do Expansão com base nas estatísticas do emprego divulgadas pelo Instituto Nacional de Estatística.

O país está em recessão econômica há quatro anos, o que provocou o encerramento de muitas empresas. Como o crescimento da população está acima do crescimento económico, significa que o país não tem empregos criados para compensar o crescimento da população.

À falta de empregos formais, que garantem segurança aos seus trabalhadores, muitos angolanos foram forçados a procurar sustento na informalidade.

De acordo com o Inquérito sobre Despesas, Receitas e Emprego em Angola, relativo ao período Março de 2018 a Fevereiro de 2019, neste período 9.69.0373 angolanos tinham trabalho, ainda que 72% fosse informal. Ou seja, 7.015.830 angolanos viviam da informalidade e 2.674.543 tinha empregos formais.

Já no inquérito do INE sobre o emprego no II trimestre deste ano, 9.751.457 angolanos tinha trabalho (mais 61,1 mil que em 2018), sendo que 80% tinha empregos informais, ou seja, 7.801.166 (mais 785.336 que em 2018. Contas feitas, entre Março de 2018 e o II trimestre foram criados mais 61.084 empregos (entre formais e informais) mas perderam-se 724.252 empregos formais.

Ainda assim, dos 61.084 empregos criados neste período, 54.278 foram admissões do Estado.

Especialistas avançam que a quebra da economia angolana, provada pela crise dos preços do petróleo produzida em 2014 está a impactar profundamente no mercado de trabalho, mas apontam, por outro lado, que a falta de políticas exequíveis para a estabilidade empresarial empresarial em Angola está a elevar os índices de desemprego sobretudo para os jovens. 

FONTE: Expansão

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments