Domingo, Abril 21, 2024
Publicite Aquí
InícioEconomiaEconomist prevê: Produção de petróleo em Angola só vai subir a partir...

Economist prevê: Produção de petróleo em Angola só vai subir a partir de 2024

A Economist Intelligence Unit (EIU) considera que a produção de petróleo em Angola só vai aumentar em 2024 devido à falta de investimentos nos últimos anos e à nova estratégia das companhias petrolíferas para resistir à pandemia de covid-19.

“Com poucos investimentos nos últimos anos, a produção de petróleo tem estado em declínio desde 2016, quando atingiu o pico de 1,79 milhões de barris por dia, que compara com 1,39 milhões no ano passado, e este ano, com os preços em queda e as restrições impostas pela OPEP [Organização dos Países Exportadores de Petróleo], a produção não deverá passar os 1,25 milhões”, escreve a unidade de análise económica da revista britânica The Economist.

No comentário, enviado aos clientes e a que a Lusa teve acesso, a EIU diz que “a actividade exploratória das últimas rondas de licitação vai demorar vários anos até dar resultados, por isso a produção vai continuar a cair até 2023 e só deverá voltar a subir em 2024”.

Mesmo assim, acrescentam, esta previsão comporta riscos que surgem devido à nova estratégia seguida pelas companhias petrolíferas no seguimento das consequências da pandemia.

“Se o actual cenário de preços baixos e procura menor continuar, as companhias vão provavelmente sair de alguns mercados; a maioria da nova actividade de exploração em Angola está a ser feita em águas ultra-profundas, o que é muito caro e tecnicamente difícil, por isso é um mercado de onde as companhias quereriam sair se forem forçadas a definir prioridades”, alertam os analistas.

Ainda assim, ressalvam, a previsão aponta para um cenário positivo a médio prazo: “O actual ambiente de preços baixos vai diminuir o interesse dos investidores na exploração a curto prazo, mas a nossa previsão central continua a apontar para que, quando os preços recuperarem, Angola vai atrair interesse dos investidores petrolíferos num contexto de revitalização do sector”.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments