Domingo, Abril 14, 2024
Publicite Aquí
InícioMundoGoverno namibiano vai apertar as regras da Covid-19

Governo namibiano vai apertar as regras da Covid-19

O PRESIDENTE Hage Geingob deve anunciar uma nova série de regulamentos hoje para combater a disseminação do coronavírus, mas é improvável que um bloqueio seja introduzido.

Fonte: The Namibian

O anúncio presidencial pendente hoje deixou os namibianos esperando para aprender sobre o caminho a seguir no tratamento dos casos de Covid-19 no país.

O governo diminuiu nos últimos dois meses as regulamentações, já que a taxa de infecção caiu de 317 por dia em seu pico no final de agosto para 63 por dia em meados de setembro.

Mas agora existem preocupações com uma segunda onda do vírus mortal que até agora matou pelo menos 160 pessoas na Namíbia.

A Namíbia também relatou um recorde de 324 novas infecções por coronavírus em um período de 24 horas na sexta-feira da semana passada, aumentando o temor de uma segunda onda severa.

Ontem, a Namíbia relatou 187 novas infecções – 131 (70%) daquelas em Windhoek.

Fontes disseram ao Namibianontem que o governo não deve impor um bloqueio, embora haja sugestões para isolar Windhoek.

Dos 28 casos ativos em estado grave a crítico, 26 também estão na capital.

Uma vez que a pandemia foi declarada uma emergência de saúde pública, o ministro de serviços sociais e de saúde Kalumbi Shangula pode, por escrito, emitir diretrizes ou fazer regulamentos que considerar necessário ou desejável para aliviar a emergência de saúde pública. Isso está de acordo com o ato.

No entanto, Shangula tem que trabalhar com o comitê do Gabinete existente e o comitê técnico inclusivo que tem gerenciado a pandemia durante o estado de emergência.

Shangula disse que o ministério está investigando as circunstâncias em torno do grande número de profissionais de saúde que contraem a doença e tomará as medidas cabíveis.

“Continuamos relatando um alto número de infecções entre os profissionais de saúde. Estão em curso planos para investigações sobre esta ocorrência ”, disse o ministro.

Shangula enfatizou ontem a importância de observar as medidas e regulamentos de prevenção da Covid-19 se os namibianos quiserem ver o fim da pandemia da Covid-19.

A Namíbia agora tem 16 913 casos confirmados desde o surto e 14 981 recuperações, com 164 mortes.

O pico de Covid-19 nos últimos dias viu 119 profissionais de saúde contraírem a doença, com três mortes desde segunda-feira.

O diretor do Centro de Controle de Doenças (CDCs), Eric Dziuban, na segunda-feira, corroborou os comentários do presidente, dizendo que o país está “definitivamente” em uma segunda onda.

Ele acrescentou que muitos países estão vendo segundas ondas maiores e mais mortíferas do que as primeiras; apelando ainda aos namibianos para estarem totalmente atentos agora para lutar contra este vírus.

“A Namíbia estava vulnerável a uma segunda onda, assim como todos os outros países ao redor do globo”, observou o diretor do país.

Ele afirmou ainda que é imperativo para a Namíbia continuar seguindo as mudanças associadas à pandemia e ajustar os regulamentos conforme considerado adequado.

“Ninguém fica animado com a ideia de regulamentações mais rígidas voltando por um tempo, mas a perspectiva de um sistema de saúde sobrecarregado é pior”, observou ele.

Ele disse ainda que o país não pode saber ao certo por que há um aumento nos casos, mas eventos como grandes reuniões, multidões em locais fechados e uso inadequado de máscaras são as principais causas.

Dziuban disse: “A duração desta segunda onda, e o impacto que ela terá, dependerá muito da rapidez com que a Namíbia pode mudar de curso e evitar situações que levem a uma disseminação mais ampla do vírus.”

Geingob confirmou na semana passada que o país estava passando por uma segunda onda da pandemia.

“Eu estava dizendo para evitarmos a segunda onda, mas uma segunda onda já está aqui e estamos considerando o que podemos fazer porque as pessoas estão levando a situação muito levianamente”, enfatizou.

Geingob reiterou ainda que a doença está matando os namibianos e exortou o país a levá-la muito a sério.

O aumento ocorre depois que a Namíbia relaxou os regulamentos, há 15 dias. De 1 de dezembro de 2020 a 25 de janeiro de 2021, a venda de bebidas alcoólicas em discotecas, shebeens e bares foi alargada até à meia-noite, enquanto as reuniões públicas se limitaram a um máximo de 200 pessoas.

As lojas e negócios não são mais obrigados a manter registros das pessoas que visitam suas instalações.

Fontes disseram ao The Namibian esta semana que embora o presidente não anuncie outro bloqueio, os regulamentos são definidos para atingir a adesão aos protocolos de saúde estabelecidos para combater a propagação da doença.

Acredita-se que o governo pode decidir reduzir o número de reuniões públicas, além de introduzir outro toque de recolher para controlar a movimentação de pessoas. Outra fonte também afirmou que a venda de bebidas alcoólicas pode ser proibida ou shebeens, boates e bares podem ser autorizados a operar apenas sob certas circunstâncias.

A África do Sul anunciou na segunda-feira novos regulamentos, já que o país está prestes a atingir a marca de um milhão em termos de infecções confirmadas. Os regulamentos incluem encontros restritos a 100 pessoas em ambientes fechados e 250 ao ar livre.

Foi imposto um toque de recolher das 23h00 às 04h00 e os bares e restaurantes terão de encerrar até às 22h00 para o pessoal não violar o toque de recolher.

A venda de bebidas alcoólicas no ponto de venda é das 10h00 às 18h00, de segunda a quinta-feira. O consumo de álcool em espaços públicos é proibido. Essas restrições entraram em vigor ontem até 3 de janeiro de 2021.

RELATED ARTICLES

2 COMENTÁRIOS

  1. all the time i used to read smaller articles that as well clear their motive,
    and that is also happening with this piece of writing which I
    am reading at this place.

  2. Very nice post. I simply stumbled upon your blog and wished to say that I’ve
    really enjoyed browsing your blog posts. After all I will be subscribing for your rss
    feed and I’m hoping you write again very soon!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments