Terça-feira, Abril 16, 2024
Publicite Aquí
InícioPolíticaPresidente do parlamento reconhece ruptura do sistema da Saúde por causa da...

Presidente do parlamento reconhece ruptura do sistema da Saúde por causa da COVID-19

O presidente da Assembleia Nacional Fernando da Piedade Dias dos Santos disse nesta sexta-feira 14, no acto de encerramento do ano parlamentar que o país assistiu à ruptura dos sistemas de saúde nacionais e de redes de logística global, o esvaziar dos espaços públicos e a limitação da mobilidade das pessoas, reconheceu a situação difícil que o país vive nesse momento.

Simão Mangoma

Segundo Fernando Dias dos Santos, “tudo isto, debilitou as economias e expôs a natureza egoísta dos estados”, frisou.

“Os tradicionais mecanismos de solidariedade dissiparam-se perante as dificuldades individuais de cada estado, mesmo nos blocos mais avançados de integração comunitária”.

Para Fernando Dias dos Santos, a covid 19, pôs em causa a sustentabilidade das empresas, das redes de regulação e, sobretudo, a família, o núcleo fundamental da vida em sociedade, reconheceu o líder parlamentar.

Entretanto Fernando dos Santos, disse ainda que, a consciência do povo deve ser a maior preocupação, e  tudo o que nos é exigido, neste momento, é a consciencialização individual e comunitária para que as medidas de mitigação possam produzir os efeitos esperados, no combate a Covid-19.

A Assembleia Nacional, em face da declaração de estado de emergência e da situação de calamidade pública, adaptou todos os seus processos administrativos, no sentido de cumprir com a sua missão e os objectivos preconizados para esta sessão legislativa.

A Assembleia Nacional tem missões consagradas na constituição da república de angola que não podem deixar de ser cumpridas com o mesmo zelo e dedicação de sempre.

Diante desta situação, foi importante a decisão tomada quanto às medidas de prevenção individual e colectivas para o combate contra a covid-19.

Esta antecipação permitiu-nos ganhar tempo, poupar recursos e, acima de tudo, prevenir eventuais efeitos de infecção na nossa comunidade parlamentar.

De acordo com o político, as sessões plenárias, tal como as reuniões das comissões de trabalho especializadas prosseguiram de acordo com a nossa agenda e os imperativos constitucionais e legais, observando todas as recomendações das autoridades sanitárias, disse.

Por exemplo, a par da diminuição da presença nas principais salas, as reuniões passaram a ser realizadas com o recurso às tecnologias de informação, isto é, através de videoconferências, maximizando, deste modo, a nossa capacidade tecnológica instalada.

Com este passo e devido à facilitação tecnológica, permitiu-se uma maior participação dos senhores deputados, mesmo à distância, em reuniões plenárias e de especialidade.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recent Comments